Gorjetas em Paris - Minha Experiência

Olá pessoal!

Sempre que viajo a algum país fico com dúvida sobre como em quais situações e quanto devo dar de gorjeta.

Em Paris a notícia é boa, é o local onde menos dei gorjeta dentre todos os que já visitei.

Primeiramente, não há necessidade de dar gorjeta em taxis e também não vi muita expectativa em receber gorjeta por parte da pessoa que ajudou com as malas no hotel. Nessa segunda situação eu até dei aquela gorjeta base de 1 dólar, que no caso foi 1 euro, mais por que gosto de retribuir a ajuda com malas pesadas, mas parece que peguei meu ajudante meio de surpresa com a ação.

Durante minha viagem não houve qualquer outra situação onde foi necessário dar gorjeta, ao contrário de países como Estados Unidos onde se dá gorjeta para praticamente tudo, em Paris não vi essa gana dos prestadores de serviços para ganhar um trocados a mais.

Por minha experiência de já ter visitado a cidade 2 vezes, resumo então toda a discussão sobre gorjetas em Paris a um único item: Restaurantes.

Há quem diga, e ouvi mais essa versão do que a minha, que o serviço já está incluso na conta, uma vez que vem discriminada uma taxa ao final.

Vou deixar alguns exemplo de contas de restaurantes (para quem quiser saber como consegui descontos de 50% acesse o post aqui).

Exemplo 1: Na conta não vem escrito nada sobre taxa inclusa (TVA) e Service Compris (Serviço Incluso).

Exemplo 2: Na conta vem discriminada a taxa de 10% (TVA), mas não há menção ao Service Compris. Notem que a taxa de 10% já está inclusa em todos os valores do cardápio, ela só é discriminada no fim, portanto não há um acréscimo de 10% sobre o preço que consta no cardápio.

Exemplo 3: Há menção à taxa de 10% (TVA) e no final da conta há o texto Service Compris (serviço incluso).

Exemplo 4: Restaurante em hotel, não há o campo para gorjeta como é muito comum encontrar em restaurantes de hotéis em diversos países.

Apresentados todos os exemplos de contas de restaurantes acima, a conclusão que tenho é de que não importa o que vem escrito ou deixa de vir, a regra que adotei foi a mesma para todos os casos.

Consultando algumas pessoas, inclusive moradores, muitos disseram que o serviço incluso é a taxa de serviço, como se fosse um imposto, portanto na conta sempre virá o valor que consta no cardápio. A gorjeta, que aqui no Brasil se chama muito erroneamente de serviço, é um valor adicional que deixamos sobre a mesa depois de receber o troco referente ao pagamento da conta e que reflete unicamente nosso contentamento com o serviço que foi prestado.

Essa foi a regra que adotei para todas as minhas refeições, portanto só restava uma dúvida, qual porcentagem ou faixa de porcentagem deixar?

Não li nada claro, então adotei para mim a metade do que eu deixaria nos Estados Unidos. Assim sendo, em todas as refeições em que dei gorjeta eu deixei de 5% a 10%.

Mas e se eu não der gorjeta? Em uma das refeições, por não ter trocado, eu não deixei gorjeta, não vi nenhuma reação estranha por parte do garçom. Em outro caso eu deixei uma quantia simbólica, tipo um euro mais umas moedas que eu tinha no bolso, era todo trocado que tinha comigo naquele momento. Também não vi nenhuma reação estranha.

Teve, ainda, uma situação em que eu dei o valor da conta junto com a gorjeta e levantei da mesa, me dirigindo à porta do estabelecimento, no meio do caminho fui abordado pelo garçom com o troco e tive que dizer que era gorjeta. Foi a primeira vez que aconteceu esse tipo de situação, reforçando que é perfeitamente tranquilo e bem aceito não deixar gorjeta nenhuma nos restaurantes.

Concluindo, portanto, esse post, Paris é uma cidade onde você pode visitar sem dar um centavo (ou o equivalente em euros) de gorjeta. Como todas as taxas já estão inclusas em todos os preços expostos, seja em restaurantes ou lojas, o valor final sempre será igual ao que é visualizado antes de comprar/consumir um produto.

Entretanto, se você é igual a mim e gosta de valorizar um bom serviço, dê gorjetas apenas em restaurantes, 5% já é suficiente e se gostar muito do atendimento pode deixar até 10%.

#paris #frança #gorjeta #dica #viagem

Posts Relacionados

Ver tudo
POSTS RECOMENDADOS